Conselhos para você que tem mais de 30!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

reflexão

Conselhos para você que tem mais de 30!

A poucos dias me deparei com o belíssimo texto da professora Flavia Gamonar intitulado “Meus conselhos para adolescentes e jovens em início de carreira”, inspirado no pedido de orientação, levado a ela por uma jovem do ensino médio.

O texto, como grande parte dos textos da professora foi inspirador e com certeza útil para a jovem ainda em formação sobre inúmeros aspectos, no entanto, nos deparamos com uma questão específica que nos trouxe certo desconforto.

A quantidade de textos orientados para adolescentes, jovens recém formados e profissionais de nível júnior. Não que eles não precisem de orientação e não que grande parte dessas orientações não sejam de altíssimo valor, mas e nós? e os profissionais plenos de pouco mais de 30, próximos dos 40, ou mesmo os seniores que estão vivendo um transição de carreira forçada pela quebradeira atual? será que nós não precisamos de conselhos? recomendações? orientações?

Óbvio que ainda não sabemos tudo, óbvio que ainda erramos (e as vezes muito), e também é obvio que precisamos de muitas orientações e conselhos, mas por que a literatura comum tanto nos abandona nesse momento? Isso, não saberemos responder, mas começaremos aqui a de alguma forma tentar minimizar este desvio.

A maioria das vezes que lidamos com profissionais em transição de carreira ou em processo de capacitação, coaching ou mentoring, um sentimento que constantemente os acompanha é o de necessidade de aprovação.

Independentemente dos sucessos alcançados em suas atividades profissionais, esses profissionais continuam necessitando de alguém que os diga que eles agiram de maneira correta, tiveram um comportamento ético, aproveitaram da melhor forma as oportunidades que lhes surgiram, que foram exemplos para seus lideres e liderados.

São perguntas profundas demais, complexas de mais, que exigiriam tempo de convivência de mais e as quais, com a maior sinceridade possível, ninguém além dos próprios profissionais pode responder, por isso, busquem constantemente serem esses profissionais que vocês admiram, mas não remoam demais decisões já tomadas. Decidam, aprendam com os resultados dessas decisões e depois esqueçam.

Isso nos leva a outro ponto, aprender…. aprender é fundamental para qualquer profissional em qualquer tempo, constantemente nos deparamos com profissionais que pouco estudaram após suas graduações… Isso é um erro! Continue estudando sempre, seja por meio de formações convencionais (pós, mestrado, doutorado e etc…) ou por meio de cursos de curta e média duração, EAD, palestras, seminários e afins. Faça da forma que melhor convier ao seu estilo de vida, condições financeiras e interesses mas não pare de estudar nunca.

Mas para estudar preciso de tempo! Isso não é 100% verdadeiro. O que normalmente precisamos é conseguir administrar melhor o tempo que temos. O tempo de transito entre casa e trabalho, não poderia ser mais bem utilizado? Podcasts, cursos de idiomas on-line e até mesmo um bom livro sobre um tema de sua área de trabalho podem tornar o trajeto mais ameno e bem mais produtivo.

Mas isso funciona? Essa resposta tende a variar de pessoa para pessoa, a recomendação é sempre fazer o teste, muitos Podcasts interessantes são gratuitos, muitos cursos on-line possuem um período de experiência grátis e material pra ler você com certeza tem em casa, por isso, desculpa para não tentar você não tem.

Por último, mas não menos importante e definitivamente não esgotando o assunto, pense na sua aposentadoria. Aposentadoria não é para este post o momento em que você vai parar de trabalhar, mas sim o momento em que você não quer mais continuar carregando pedra todos os dias. Por isso, se prepare financeiramente e psicologicamente para em alguma data entre os 60 e os 70 para reduzir consideravelmente o ritmo sem impactos significativos no seu estilo de vida. A maioria das recomendações é de entre os 45 e os 50 anos, iniciar uma atividade que exija menos de você mas lhe permita certa renda e prazer.

Muito optam por dar aulas, palestras, atuar como consultores com carga reduzida, ou mesmo abrir o negócio que sempre quiseram como academias de dança, bares, ou escolas de futebol. seja o que for, pense nisso agora. Você não irá se arrepender.

Continue nos acompanhando e descubra o que só a PMQuality pode fazer por você. Caso exista algum tema que você gostaria de ver sendo discutido pelos especialistas da PMQuality, nos escreva, faremos o possível para atendê-lo. PMQuality, nós podemos ajudá-lo a crescer.

Artigos Relacionados:

Barra_PMQ

 

Barra_PMQ_3

Posted in Administração Empresarial.